Incentivo de Crescimento

Minha sala, muito limpa,adoro!

Eu Adaildes ,minha foto.

Minha foto, eu mesma!

Em minha casa,minha sala..

Algumas vezes me sentir desmotivada, principalmente eu achava que minha vida era só casa, cozinha, limpeza e futura aposentadoria por velhice.

Me casei muito cedo, eu tinha 15 anos de idade quando fui para o cartório civil casar, os pais de meu marido quem assinou os papéis do meu casamento, meus pais não puderam comparecer, pois estava chovendo muito o rio Palmas alagou todo o povoado Santa Rosa em Goiás onde moravam meus pais um povoado de Chácaras.

Naquela época eu ainda estudava, estava cursando a sétima série do ensino fundamental, não desisti de passar de ano, fiz as provas e passei para o próximo ano. Quando eu me casei vim para Brasília morar na cidade do Guará II, morava na casa de Paulo Henrique filho de senhor Henrique de Novo Alegre-GO.E lá passei bons momentos com meu marido, eu era recém casada, apesar que ele era muito ciumento na época, mas tudo ocorreu bem. Mudamos para Setor “O”, moramos na casa de Dona Luzanira e Senhor Inácio de aluguel,  eles tem filhos maravilhosos eu gostava muito deles, afinal ela ainda foi minha professora de costura, ela me ensinou a costurar , eu fazia camisas, calças femininas e masculinas, fazia blazer para homens e mulheres, ela me ensinou cortar e costurar de tudo, hoje sei costurar todo tipo de roupas , costuro para mim quando quero.

Lá na costura conheci minha amiga Maria do Nascimento , conhecida como Francisca de Gessy, ela aprendeu a costurar junto comigo e até hoje somos amigas, e ela sempre me incentivou a estudar, me ensinou a bordar ponto-de -cruz e para minha filha Chirley, ela não sabe que continuamos a bordar, pouco para nós , mas bordamos, e agradeço a Deus por ter conhecido ela na minha vida, é um anjo de pessoa.

Depois desse tempo, o Juarez meu marido resolveu morar na casa de uma tia nossa , irmã de papai, Ana Rita Alves Moreira onde ela deixou nós morarmos até juntarmos dinheiro para comprar uma casa ou um lote, eu costurei muito com meus tecidos e vendi muitas roupas feitas por mim e ajudei meu marido a comprar o nosso lote em Santa maria-Norte DF, onde eu moro hoje tenho minha casa própria graças a Deus, comprada com muito trabalho e dedicação.

Mudamos para Santa Maria-Norte onde é minha atual residência, aqui construímos uma linda história, meus filhos estudando e agora já minha primeira filha já cursando Faculdade de  Pedagogia desde o ano de 2011, fez vários cursos e ela é muito dedicada, o pai sempre pagou seus estudos e cursos com muito carinho. O meu filho caçula o Jefferson já está terminando o Ensino Médio e vai servir carreira no Exército, vai fazer Engenharia  da Computação e quer também fazer Letras e Artes Plasticas, pensamento de garoto!!Quer seguir uma carreira brilhante o  meu filho ,e vou lutar com ajuda de Deus para ajudar-lo ele crescer com sucesso, afinal ,”sonhar não custa nada”!

Agora voltando falar de mim, eu estava desmotivada como disse em relação aos estudos, eu terminei o Ensino Médio no ano de 2000, quando foi em 2001 eu queria fazer alguma coisa e fiz um curso de informática de duração de 8 meses o básico, terminei e queria mais coisas para fazer, não achava que nada se completava, eu resolvi fazer concursos , mesmo assim ainda não era boa coisa para mim faltava algo, e então resolvi escrever alguma coisa, eu tinha muitos poemas e poesias que eu fazia em meus cadernos quando era muito jovem, e reuni eles em um arquivo e comecei escrever textos, mas ainda faltava incentivo e entusiasmo, achava que era bobagem, parecia que eu com 26 anos não tinha mais vida, parecia que os estudos havia terminado para mim, então perguntei para uma pessoa que dizia ser minha amiga como era que fazia para fazer vestibular, ela disse que vestibular era complicado, e que pessoas de idade avançada não era aceita nas faculdades e nem em trabalhos, achei um absurdo, fiquei triste e fui dormir, no dia seguinte falei que não ia desistir, como eu tinha terminado meus estudos eu ia fazer pré-vestibular ou tentar fazer vestibular da “UNB” e “Enem”,passou um tempo eu já tinha feito mais cursos até de Merendeira no “Senac” , aí minha colega me perguntou qual curso eu queria fazer, eu falei vou fazer Pedagogia. Ela disse que Pedagogia não era bom, e ela acabou fazendo Pedagogia.

O tempo foi passando e a vida continuando e eu querendo alguma coisa que preenchesse minha vida, eu falei: Tenho Deus,filhos , marido, Ensino Médio, passei  no “Emem”, mais não estudo por bolsas, pago minha faculdade e a faculdade de minha filha…

Agora cursando  atual 2012 Faculdade de Letras,  tenho cursos, trabalho não fichado mais tenho algum, trabalho com meu esposo na Construção Civil.

Voltando ao passado:-  No ano de 2006 fiquei sabendo que a UNB ia dar curso de Extensão projeto desenvolvido por” Leila Chalub Martins” e outros componentes, li uma reportagem que ela ia expandi alguns cursos de Extensão, foi onde procurei os cursos fiz minha matrícula e conseguir minha primeira vaga no Curso de Filosofia, e o professor de Filosofia era chamado “Elizeu”, um professor muito bom, ensinava muito bom, era aluno da “Universidade Católica”, foi uma disciplina Extracurricular que deu início e incentivo para meu crescimento nos estudos. Partindo daí nunca mais parei de estudar, me matriculei no curso de Português e Literatura Básica no curso de Extensão e foi uma maravilha, recebi muitos incentivos e nossa professora era maravilhosa “Darlana Godoi”, ela me deu a maior força, me ensinou muito escrever, me ensinou como fazer uma boa redação, aprendi muito com o incentivo e carisma dela, ganhei um livro dado por ela no dia 01/12/2006 com o nome “Caminhadas de universitários de origem popular, UNB” tenho até hoje esse livro li todas as histórias é muito emocionante cada uma das vidas e trajetória acadêmica desses estudantes da “UNB”, eu comecei a ver que eu poderia retomar meus estudos e fazer Faculdade de Letras e muito mais cursos, foi depois que percebi que ainda não era tarde para mim, ela contou muitas histórias de pessoas que estudavam e consegui suas carreiras depois de um certo tempo e no livro também conta isso, achei interessante o que ela disse no sentido de incentivar mesmo o nosso crescimento escolar, eu desejo para ela o maior sucesso do mundo, pois ela foi meu maior incentivo, me fez ver que tudo era possível, que o sonho nunca acaba enquanto agente tem vontade.

Foi um tempo de Extensão , fiz Álgebra com o Professor Renato, um professor de primeira, fiz Geometria com professor Rafael e Débora veio depois e o substituiu , fiz um portfólio para ela de tudo que estudamos, fiz Política e Cidadania com o professor Marcos Barato um excelente educador , participei de semana acadêmica da “UNB” fui em uma das palestras de” Leila Chalub” e participei do maravilhoso Coquitel de boas -vindas de Extensão, iniciei o curso de Biologia e não sei por qual razões a professora parou veio só um mês de aula e fiz o Curso de Espanhol com a Professora Rayssa de Oliveira, outra pessoa divina, um incentivo de professora, aprendi muito Espanhol com ela, sei um pouquinho de Inglês básico, aprendi desde a quinta-série no Tocantins , gostei e até hoje vivo estudando Inglês, para eu lembrar do Inglês eu estudo no “Google Tradutor “, é bom ouvir a tradução para relembrar. E por fim, foi partindo destes incentivos citados a cima que resolvi, que eu ia escrever, estudar, fazer os cursos que gosto, e continuar meus sonhos de pretensão, e os que me desanimavam ficaram para trás, principalmente aqueles que diziam”estudar para quê?Com essa idade de 26 anos , quando terminar não entra no mercado de trabalho?”, para mim isso só tem um nome , Inveja! Até parece que a vida da pessoa termina com 26 anos de idade,mas pelo jeito que essa pessoa falou ; parecia que uma pessoa de 26 anos de idade já estava com o pé na cova.

Vou continuar, agora sei que tenho atualmente 37 anos de idade  neste ano de 2011, não morri ainda, sou ainda muito jovem, é claro que para certos trabalhos a exigência é de mocidade e 37 anos pode não ser a idade de alguns trabalhos, só que há uma série de oportunidades, como os concursos e muitos outros. Estudei , estou estudando e vou estudar mais até onde Deus me permiti, descobrir que Deus tem me ajudado , aliás sempre esteve comigo, ele nunca me abandonou, vou fazer de minha vida um sonho, tudo que sonho vou pedir a Deus para me ajudar, e agradeço as pessoas que me incentivaram, são pessoas de crescimento.

Em 2009 , fiz um Curso mais avançado de informática com 15 cursos com duração de 2 anos e meio, aprendi fazer muita ciosa no computador, hoje tudo que faço no computador agradeço as professoras Marilene e Marileide, fez eu aprender bem a digitar, colocava os exercícios mais difíceis e eu passei em tudo, minhas notas foram ótimas, meus trabalhos acadêmicos, trabalhos de casa, relatórios, blogs, textos, tudo é feito por mim em meu computador, eu graças a Deus sei fazer meus trabalhos escolares, nunca paguei ninguém para fazer meus trabalhos e nunca deixei ninguém fazer meus trabalhos, sou muito rígida em relação a isso e também não gosto de fazer trabalho para ninguém e ajudo os meus colegas, mas não adianta querer que eu faça trabalho, não faço, se precisar de mim eu ajudo, eu ensino!. Nas Provas do Curso de Informática tirei excelentes notas e o mais importante é que aprendi e continuo aprendendo, aparece coisas novas á todo tempo no computador, meu filho também é meu professor ele é um gênio no computador, me ensina quando estou com algum problema no Micro.
Fiz o Enem passei como eu já disse conseguir bolsas que não fechou turma em muitas faculdades, partindo dái resolvir pagar a minha faculdade e a da minha filha, não sou bolsista, fiz vestibular,  passei e atualmente 2012 estudo na “Faculdade Fortium”, o Curso de Letras/Licenciatura . Onde  os professores ,os funcionários e alunos me receberam com maior alegria em 2010, falam que sou bem-vinda e me admiram , me tratam como pessoa!
Pretendo fazer Psicopedagogia na Pós-graduação, pretendo fazer até o Pós-doutorado,  e quero depois fazer Advocacia. Quem sabe um na “UNB” um dia  vou estudar! Posso  até passar no Mestrado quem sabe! é difícil mais não impossível, sou petulante sim!!!.
Tenho amigas verdadeiras, como muitas amigas do Orkut, a Olga, Francisca, a Lú eWader, Anita e Raquel lá de Palmas irmã de Sagramor jamais esqueço ela minha amiga de infância , Vânia minha prima ,Trindade, Zeca e outros como meus parentes, Manoel e Ivaneide, são muitos, amo todos meus amigos e parentes tem me ajudado bastante.
E eu só tenho a dizer que as pessoas não devem desistir de seus sonhos só porque os outros te dizem que você não pode, todo mundo tem capacidade de crescer e tem direito de fazer o que gosta com ajuda de Deus e de seus amigos verdadeiros de incentivo.”Como diz a Artista:”Isso pode”.Todo Mundo Pode! Adoro atentar, sou muito brincalhona em casa!

Anúncios